MIG-31 (União Soviética, 1982)

MIG-31 (União Soviética, 1982)

O caça bimotor soviético fez o seu primeiro voo em 1982.

História

Palavras-chave

MIG-31, caça, força aérea, avião, velocidade do som, soviético, Guerra Fria, arma, corrida armamentista, moderno

Itens relacionados

Cenas

MIG-31

Vista superior

Cabine do piloto

Lançamento de míssil

Estrutura

  • motor
  • asa
  • flap
  • estabilizador horizontal
  • estabilizador vertical
  • trem de aterragem
  • fuselagem
  • freio aerodinâmico
  • assentos dos pilotos
  • canhão automático
  • míssil

Animação

  • motor
  • asa
  • flap
  • estabilizador horizontal
  • estabilizador vertical
  • trem de aterragem
  • fuselagem
  • freio aerodinâmico
  • assentos dos pilotos
  • míssil

Narração

O MIG-31 é um caça dotado de dois motores e tripulado por dois pilotos, desenvolvido pela União Soviética. Realizou o seu voo inaugural em 1975 e entrou em serviço em 1982. O seu desenho, conjunto de eletrônica e armamento fizeram deste uma excelente opção tanto para prevenir ataques de bombardeiros pesados em grande altitude, assim como de caças e mísseis de cruzeiro em baixa altitude.

O avião mede cerca de 23 metros de comprimento, pesa cerca de 46 toneladas e tem uma envergadura de 14 metros. É propulsionado por dois motores turbojato que lhe permitem alcançar uma velocidade mach 2,83. O alcance de combate do avião é de 3.000 km e o teto prático de operação da aeronave é de mais de 20 km. O MIG-31 está equipado com um canhão interno de 23 mm com seis canos, possuindo ainda seis mísseis, dois transportados debaixo das asas e quatro debaixo da fuselagem.

Está equipado com eletrônica de ponta. O elemento mais importante do seu pacote eletrônico é o Zaslon S-800, o primeiro radar passivo de varrimento. O radar pode acompanhar a rota de até 10 alvos e simultaneamente atacar quatro deles com mísseis. Foram produzidos cerca de 500 MIG-35; atualmente são apenas usados pelas forças aéreas da Rússia e do Cazaquistão.

Itens relacionados

Como funciona o turbojato?

Esta animação mostra como funciona o motor de um turbojato.

F-16 Fighting Falcon (EUA, 1978)

O Fighting Falcon é o avião de maior sucesso na categoria de caças polivalentes.

AH-64 Apache (EUA, 1975)

O helicóptero de ataque Apache, que recebeu o nome da tribo indígena americana, foi desenvolvido pelo exército dos Estados Unidos.

Airbus A380 (2005)

Este avião tem dois andares e capacidade para transportar mais de 500 passageiros.

B-2 Spirit (EUA, 1989)

O bombardeiro stealth Northrop Grumman B-2 Spirit foi desenvolvido nos EUA em meados da década de 90. A aeronave foi usada na guerra dos Balcãs e no...

Boeing 747 (1969)

O Jumbo Jet é um dos aviões mais conhecidos do mundo.

Bombardier CRJ-200 (1991)

Este pequeno avião de passageiros foi concebido para ser rápido, cômodo e econômico.

Chengdu J-20 Mighty Dragon (China, 2017)

O Chengdu J-20, também conhecido como Mighty Dragon, é um avião de caça furtivo de múltiplas funções.

Concorde (1969)

O primeiro avião de passageiros supersônico entrou em serviço em 1976.

Míssil balístico intercontinental RT-2PM Topol (União Soviética, 1985)

Um míssil móvel, com capacidade para uma ogiva nuclear, desenvolvido no final da Guerra Fria.

Vestuário na Europa Ocidental (Anos 80)

O vestuário reflete o estilo de vida e a cultura dos habitantes de uma determinada região e época.

Wright Flyer I (1903)

Concebido e construído pelos irmãos Wright, o Wright Flyer foi o primeiro avião a motor mais pesado que o ar a voar com sucesso.

U-2 Dragon Lady (EUA, 1957)

Este avião militar de reconhecimento tem sido usado pela CIA desde a Guerra Fria.

Hidroavião Junkers G 24

Um hidroavião (por vezes chamado de hidroplano) é um avião capaz de descolar tanto de uma pista terrestre como da superfície da água.

Junkers JU-52 (1932)

Essa foi a aeronave de transporte mais popular da Europa antes da Segunda Guerra Mundial.

Added to your cart.